segunda-feira, 13 de março de 2017

VENERO-TE!



Venero teus olhos,
Quando me olhas,
Com ternura sem fim

Venero teus braços
Enquanto me abraças
Feliz junto a ti

Venero tua boca
Quando me beijas
E o amor me faz sentir

Venero teu corpo
Enquanto metade
E à minha metade
Há fusão entre si.

Aila Brito

2 comentários:

  1. Linda poesia e vim agradecer tua visita lá!bjs, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Bom dia amiga Aila, que bom que já estás a passear pelo seu blog. Adorei a visitinha, quero ler mais preciosidades por aqui.
    Bjs!

    ResponderExcluir